quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Veja! O espetáculo está armado
O ás está jogado
E ninguém pôde vencer
Veja! A promessa foi quebrada
A chatagem profanada
Acabou de anoitecer
Agora veja como fostes tonta
Nos dias que perdestes a conta
De quantas lágrimas deixou rolar
Veja que não houve história
Você repetiu a tragetória
E nem quis acreditar
Não ouviu as juras que recitei
Agora, sozinha, chora
Sofrendo porque foi embora
Todo amor que eu te dediquei.

6 comentários:

  1. Além de tudo, isso dá música...

    ResponderExcluir
  2. é, pensei nisso também.. =] obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Oi gostei do seu texto, passe lá no meu blog de textos, obrigado e até mais.

    ResponderExcluir